Descrubra o Roteiro Histórico e Cultural de Pedro Velho – RN

Tempo de leitura: 5 minutos

Muita Histórico e Cultural de Pedro Velho

Modo de percurso: Carro

Início: Ruínas da antiga Igreja de Santa Rita de Cássia

Término: Cristo de Carnaúba

Duração estimada: 05:20:00

Como fazer este roteiro? Através do Aplicativo Easy Tour Brasil.

Dica de transporte público: Acesse o CittaMobi para informações precisas, em tempo real, de previsão de chegada/saída.


1. Ruínas da antiga Igreja de Santa Rita de Cássia

Descrição: Única edificação que sobreviveu a enchente do rio Curimataú, em 1901, que destruiu totalmente a antiga Vila de Cuitezeiras. Conta a história que a igreja abrigou os moradores durante a tragédia, salvando suas vidas. A construção marca o início da Vila (1861), que veio a se tornar a atual Pedro Velho. Construída em estilo Barroco, concluída por volta de 1862, guarda também um obelisco e o antigo cemitério da Vila, emancipada de Canguaretama.

Atividade: Visitação

Duração: 00:20

IFRN

2. Pau Grande (Samaumeira)

Descrição: O Pau Grande, Samaumeira, é uma das maiores árvores do RN, são necessárias mais de 30 pessoas para abraçar seu tronco e estima-se que pode chegar a 65 metros de altura. Originária da Amazônia, a bela e exuberante mãe da humanidade é sagrada para os indígenas daquela região. Em Pedro Velho, foi plantado por Francisco Barbosa de Oliveira. No local, existem várias lendas, dentre elas a da botija de ouro escondida e da serpente que circundava a árvore durante a noite.

Atividade: Visitação

Duração: 00:20

IFRN

3. Cruzeiro das Promessas e Choro das Crianças

Descrição: Este cruzeiro é o marco histórico da entrada da antiga Vila de Cuitezeiras, construído em 1862. Nele eram iniciados os cortejos religiosos, seguindo até a igreja de Santa Rita de Cássia. Contam as lendas locais que as crianças não batizadas eram enterradas em sua área externa, em decorrência disso até hoje nas madrugadas é possível ouvir choro de crianças no local. É possível observar várias pedras no muro ou em volta do cruzeiro, pois as pessoas costumavam pegar pedras, fazer um pedido ou promessa, e em seguida deposita-las no cruzeiro.

Atividade: Visitação

Duração: 00:15

IFRN

4. Trilha: Beco dos Ciganos – Romeo e Julieta

Descrição: A trilha liga a antiga Vila de Cuitezeiras a comunidade da Corte, onde ficava o mais antigo engenho local. Anos depois, ela tornou-se palco de uma tragédia amorosa de um casal, de duas famílias ciganas rivais, como em Romeu e Julieta de Shakespeare, ocasionando um grande massacre cujas marcas podem ser vistas no local ainda hoje, como os tiros nas árvores. Durante a caminhada é possível degustar as frutas de época direto das árvores.

Atividade: Visitação

Duração: 00:30

IFRN

5. Capela de Santa Rita de Cássia

Descrição: Capela construída no alto de um lajeiro, em razão do receio de ser consumida por nova enchente do Rio Curimataú, que voltou a ocorrer em 1917 e 1924, além daquela que destruiu a Vila de Cuitezeiras e fez nascer a Vila Nova, em 1901, atual Pedro Velho, com o objetivo de transferir a Capela de Cuitezeiras para a cidade de Pedro Velho. Sua inauguração data de 10 de junho de 1955, e tem como data comemorativa de sua padroeira o dia 22 de maio.

Atividade: Visitação

Duração: 00:10

IFRN

6. Matriz de São Francisco de Assis

Descrição: A matriz encanta pela exuberância, beleza e pela singular mistura de detalhes, uma estrutura bastante eclética que remete a traços da arquitetura românica, barroca, gótica e colonial. A igreja data de 1922, desmembrada da paróquia de N. Sr.a da Conceição, em Penha, atual Canguaretama, sob a proteção de seu padroeiro São F.co de Assis. Na sua construção, muitos foram seus percalços e falta de recursos, fazendo, inclusive, que ela tivesse apenas uma torre.

Atividade: Visitação

Duração: 00:15

IFRN

7. Casarões do Centro Histórico

Descrição: Um passeio pelo centro da cidade, para contemplar os Casarões do Centro Histórico, levam o visitante ao início do século XX, construindo a experiência de passagem dos séculos em Pedro Velho. Nesta região, após a enchente, passaram a residir as famílias nobres da cidade, as figuras ilustres e os pioneiros da Vila Nova. Os casarões hoje possuem finalidades por vezes distintas, tais como comércio, mas ainda guardam a áurea do início do século passado.

Atividade: Visitação

Duração: 00:30

IFRN

8. Balneário

Descrição: O Balneário é um dos principais atrativos da cidade. O banho de rio, tomado nesta “piscina de água corrente”, é uma das atividades oferecidas no local, que conta também com a possibilidade da realização de trilha, atividades recreativas e esportivas. As águas que vem direto da nascente do Rio Piquiri proporcionam um banho refrescante e prazeroso. O Rio Piquiri abastece cidades vizinhas, como Montanhas, Nova Cruz e Canguaretama (Piquiri).

Atividade: Visitação / Banho

Duração: 02:00

IFRN

9. Ponte férrea

Descrição: A ponte férrea sobre o Rio Curimataú é o símbolo que guarda a memória ferroviária local. A estação inaugurada em 1882 ligava Natal a Nova Cruz, passando pela estação Cuitezeiras, numa época em que o transporte na Vila era predominantemente feito por cavalos e carroças. Na cidade desembarcavam várias mercadorias oriundas de Natal, Recife e da Paraíba, que compunham a mesma linha, e embarcavam outras tantas, que impulsionavam o crescimento local.

Atividade: Visitação

Duração: 00:15

IFRN

10. Cristo de Carnaúba

Descrição: Este que é um dos símbolos da religiosidade da população local, desde 1956. No alto de uma escadaria de 166 degraus encontra-se a estátua, embora se possa ir de carro até o topo também. Do Cristo de Carnaúba o visitante tem uma visão privilegiada e panorâmica de toda a região. O Cristo é o local onde as pessoas vão para fazer pedidos, promessas e orações. Quando a graça é conseguida, costumam voltar para pagar as promessas deixando objetos representativos dela.

Atividade: Visitação

Duração: 00:45

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *