Como fazer o roteiro dos Santos Mártires de Cunhaú em Canguaretama RN?

Tempo de leitura: 3 minutos

O município de Canguaretama também é conhecido pela fé do seu povo. Uma das razões para o fato está no episódio que deu origem aos “Santos Mártires de Cunhaú”, canonizados recentemente pelo Vaticano. No contexto histórico das invasões holandesas no Brasil, em 1645, católicos foram martirizados no interior do Rio Grande do Norte, parte deles no município de São Gonçalo do Amarante, chamados de “Mártires de Uruaçu”, e outra parte em Canguaretama, na Capela de Nossa Senhora das Candeias, no engenho Cunhaú. Era domingo, dia 16 de julho daquele ano. Como de costume, fiéis foram à missa na referida capela. Porém, Jacob Rabbi, alemão a serviço do governo holandês, havia fixado um edital no local dizendo que, após a celebração, ordens seriam cumpridas. Quando o pároco André de Soveral elevou o Corpo e o Sangue de Cristo, as portas da capela foram fechadas e deu-se início a cenas de violência e intolerância. Ao perceberem que seriam mortos, eles não reagiram, apenas se confessaram e pediram perdão pelas suas culpas.

Modo de percurso: Carro

Início: Igreja Matriz de N. Sr.a da Conceição.

Término: Barra do Cunhaú

Duração estimada: 02:00:00

Como fazer este roteiro? Através do Aplicativo Easy Tour Brasil.

Dica de transporte público: Acesse o CittaMobi para informações precisas, em tempo real, de previsão de chegada/saída.


1. Igreja Matriz de N. Sr.a da Conceição.

Descrição: Segundo uma lenda muito conhecida em Canguaretama, existiria uma baleia encantada debaixo da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição. Essa baleia despertaria de seu sono se alguém retirasse a imagem da padroeira do altar-mor da Matriz. Assim, os movimentos do cetáceo abririam uma fenda de onde jorraria um grande rio que inundaria todo o vale onde se localiza a cidade de Canguaretama. Confirmando essa lenda são mostradas as rachaduras na base da igreja que sempre reapareceriam, mesmo depois de inúmeros consertos.

Atividade: Visitação

Duração: 00:30

IFRN

2. Santuário Chama de Amor

Descrição: O santuário da Chama de Amor teve início no dia 11 de setembro de 2001 e está aberto a visitação, além das missas mensais regulares. O local também serve como escola para os moradores da zona rural da fazenda.

Atividade: Visitação

Duração: 00:30

IFRN

3. Igreja dos Mártires

Descrição: Era domingo, dia 16 de julho daquele ano. Como de costume, fiéis foram à missa na referida capela. Porém, Jacob Rabbi, alemão a serviço do governo holandês, havia fixado um edital no local dizendo que, após a celebração, ordens seriam cumpridas. Quando o pároco André de Soveral elevou o Corpo e o Sangue de Cristo, as portas da capela foram fechadas e deu-se início a cenas de violência e intolerância. Ao perceberem que seriam mortos, eles não reagiram, apenas se confessaram e pediram perdão pelas suas culpas.

Atividade: Visitação

Duração: 00:30

IFRN

4. Barra do Cunhaú

Descrição: Cartão postal mais famoso de Canguaretama, a praia da Barra do Cunhaú, a 10 quilômetros do centro pela RN-269, faz jus à popularidade que possui e ao clima tropical do município, ostentando uma média anual de 25,6 ºC e a reputação de reunir condições climáticas ideais para a prática de esportes aquáticos como o kitesurf e o windsurf. É também no encontro do rio Cunhaú com o oceano Atlântico que descansam manguezais, ecossistemas ricos em flora e fauna.

Atividade: Visitação / Banho

Duração: 00:30

FAZER ROTEIRO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *